Deputado aguarda explicações do secretário de Segurança Pública na Aleam

A ida do secretário à Aleam foi agendada por duas vezes, sem que Louismar Bonates aparecesse ou desse justificativa do não comparecimento.

 

Portal Soberano

Continua depois da Publicidade

O deputado Dermilson Chagas encaminhou à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), no dia 8 de junho deste ano, Requerimento solicitando a presença do secretário estadual de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, para explicar os motivos que levaram à grave crise na Segurança Pública com os ataques de facções criminosas ocorridos em Manaus, Parintins, Iranduba, Rio Preto da Eva, Careiro Castanho, Manacapuru e Carauari, entre os dias 6 e 8 de junho.

A ida do secretário à Aleam foi agendada por duas vezes, sem que Louismar Bonates aparecesse ou desse justificativa do não comparecimento. Na semana passada, foi marcada uma terceira data, no dia 13 (terça-feira) para a ida do secretário, que irá falar, caso compareça, no âmbito da Comissão de Segurança Pública e Políticas sobre Drogas da Aleam, presidida pelo deputado Cabo Maciel (PL).

Entretanto, na manhã da sexta-feira (9), uma nova crise eclodiu na Segurança Pública. O chefe da Inteligência do Governo do Amazonas, o delegado da Polícia Civil (PC-AM) Samir Freire, foi preso durante a operação Garimpo Urbano, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com apoio operacional da Polícia Federal (PF). O titular da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai) da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) é acusado de utilizar a pasta para roubo de ouro ilegal, mediante graves ameaças dirigidas aos transportadores do referido metal.

Continua depois da Publicidade

“Nós esperamos que ele venha, porque eu acredito que o Governo do Amazonas tem de ser transparente. Ele é o secretário de Segurança Pública, nós presumimos que ele fale a verdade, que ele seja transparente para a sociedade, e a Casa do Povo aqui é onde tem ressonância, onde ele pode explicar o que está acontecendo na Segurança Pública, onde foram os erros e o que está sendo feito para corrigir, e o que a Assembleia pode ajudar nesse processo. Então, aqui, nós queremos esclarecimentos que estão faltando”, comentou Dermilson Chagas.

O parlamentar lembrou que, além dos episódios dos ataques das facções criminosas e da prisão do secretário executivo de Inteligência Samir Freire, houve outros episódios graves na segurança, como várias mortes em Tabatinga recentemente, que precisam ser explicadas para a população. “Eu acredito que ele, como secretário de Segurança Pública, homem que preza pela lei e pela moralidade e pelos preceitos constitucionais, irá vir aqui e trazer esclarecimentos para todos nós”, disse Dermilson Chagas.

Continua depois da Publicidade

 

*Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade