Wilson Lima encaminha à Aleam projeto do 14⁰ e 15⁰ salários para profissionais da educação da rede estadual

Governador também anunciou que o Estado planeja pagamento de abono do Fundeb aos trabalhadores da educação.

Portal Soberano

O governador Wilson Lima anunciou, nesta sexta-feira (01/09), que já encaminhou à Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) o projeto de lei que institui o pagamento do 14º e 15º salários dos trabalhadores da educação. O anúncio foi feito durante a inauguração do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Francisco Hélio Bezerra Bessa, em Tefé (a 592 quilômetros de Manaus).

Continua depois da Publicidade

Na ocasião, o governador também anunciou que o Estado já planeja o pagamento de abono do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) aos trabalhadores da educação, como fez no ano passado que, de forma inédita, estendeu o benefício a servidores da área administrativa, como merendeiras, auxiliares de serviços gerais e vigilantes.

“Já encaminhei para Assembleia Legislativa uma mensagem para que possamos aprovar o pagamento do 14º e 15º salários e eu não tenho a menor dúvida da sensibilidade da Assembleia Legislativa, comandada aqui pela nossa comissão de educação, pela deputada Therezinha Ruiz, para que a gente possa aprovar essa mensagem”, disse o governador, ao destacar que a medida faz parte do programa Educa+Amazonas, por meio do projeto Educação Premiada.

O “Educação Premiada” faz parte da política de valorização dos servidores da Secretaria de Estado da Educação e Desporto, em reconhecimento à dedicação dos trabalhadores dentro e fora da sala de aula. A previsão é que o pagamento do 14º e 15º seja feito aos trabalhadores da educação que atingirem metas de qualidade definidas para as escolas que atuam.

Continua depois da Publicidade

“Também autorizei a pós-graduação de todos os professores da rede pública de ensino, tanto do estado quanto dos municípios. Os professores aqui de Tefé podem participar da nossa pós-graduação na UEA (Universidade do Estado do Amazonas), aqueles professores que estão atuando do 1º ao 5º ano”, disse Wilson Lima ao também ressaltar outro projeto do programa Educa+Amazonas, o “Mestre Qualificado”.

A meta é alcançar mais de 15 mil professores e pedagogos dos 62 municípios do Estado com o curso de pós-graduação. Em Tefé, os professores também já começaram a receber qualificação do projeto “Trilhas do Saber”, que também integra o Educa+Amazonas. São qualificações oferecidas a docentes, equipe gestora e não docentes.

Continua depois da Publicidade

“Deve estar com uns 10 ou 15 dias que os professores participaram da primeira qualificação aqui no município de Tefé. Todas essas ações são importantes para que a gente possa avançar na melhoria e qualidade do nosso ensino e eu já aproveito aqui para já adiantar a todos os profissionais da área de educação, e isso foi algo que fizemos ano passado e algo inédito no estado do Amazonas, nunca aconteceu, e esse ano nós vamos repetir. Nós vamos pagar o abono Fundeb a todos os profissionais da área de educação, desde o merendeiro, uma auxiliar de serviços gerais, um vigilante, para todos os professores”, destacou o governador Wilson Lima.

*Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade