Secretário de comunicação da Prefeitura atua ao lado de Durango para desmoralizar portais de notícias do Amazonas

Em reuniões sigilosas com o secretário de comunicação, Durango Duarte dita as regras de como a prefeitura deve agir.

Foto: Reprodução

Continua depois da Publicidade

 

O secretário de comunicação da Prefeitura se alia ao ‘polvo’, Durango Duarte, em uma estratégia sincronizada, para desmoralizar os portais de notícias do Amazonas. O que chama atenção é que o próprio Durango, em recente entrevista, criticou as gestões de David Almeida e Wilson Lima, e mesmo assim permanece sendo favorecido com o dinheiro público e tendo autonomia para traçar estratégias sujas.

Agência publicidade Mene e Portela, que é uma das prestadoras de serviços da prefeitura e governo, não está contente em dividir o espaço de assessoria com outros veículos de comunicação. No entanto, este egoísmo não se estende à empresa de Durango, a Imarketing, que assim como a Mene, recebe milhões dos cofres públicos.

Continua depois da Publicidade

A parceria entre a Mene e Imarketing pretende se expandir de forma recíproca, pois Durango ‘oferece’ uma plataforma de monitoramento, usando das ferramentas já existentes no mundo, como o Google Analitcs, Alexa, Comscore e Semrush, para sabotar os números de audiência dos portais e favorecer seus aliados, como no caso a Mene e Portela.

Vale ressaltar que Durango Duarte ainda usa audiência fraldadas para parecer capaz de ter essa plataforma de monitoramento, ou seja: oferece soluções mentirosas para beneficiar seus parceiros.

Continua depois da Publicidade

Bastidores da política ainda apontam que o Secretário de Comunicação da Prefeitura de Manaus, Emerson Quaresma, frequentemente é visto nas imediações de Durango Duarte, em reuniões sigilosas. Nestes encontros é que Durango ditaria as regras de como a prefeitura deve agir.

Inclusive, de acordo com o extra publicado no Diário Oficial do Município (DOM), a empresa de Durango vai embolsar R$1.583.333,33 (um milhão quinhentos e oitenta e três mil, trezentos e trinta e três reais e trinta e três centavos) mensalmente para o “planejamento, desenvolvimento e execução de soluções de comunicação digital”. Em um ano, Durango vai receber somente da prefeitura, do dinheiro público, R$ 14.250.000,00 (catorze milhões duzentos e cinquenta mil). O contrato foi fechado pelo secretário Emerson Quaresma.

Continua depois da Publicidade

 

Fonte: Portal CM7