Secretário de Saúde do Amazonas, Anoar Samad, reúne-se com membros do Conselho Nacional de Saúde

Indicadores e resultados do enfrentamento à Covid-19 no estado foram apresentados pela SES-AM.

Portal Soberano

O secretário de Estado de Saúde, Anoar Samad, reuniu-se com o presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, e com membros do CNS e do Conselho Estadual de Saúde (CES), nesta terça-feira (28/09), na sede da Secretaria de Estado de saúde (SES-AM). O CNS cumpre agenda nesta semana em Manaus para fortalecer o controle social e participar da assinatura de um termo de cooperação de conscientização e combate à hanseníase no estado.

Continua depois da Publicidade

Durante o encontro, o secretário de Saúde do Amazonas apresentou a redução nos indicadores da pandemia no estado, o avanço da vacinação contra a Covid-19 a partir dos mutirões da campanha Vacina Amazonas, na capital e no interior, e as ações de ampliação da oferta de consultas, exames e cirurgias, que fazem parte do Programa Saúde Amazonas.

“Temos ainda parcelas da população que não estão se vacinando. Esses bolsões de não vacinados são perigosos porque pode surgir alguma variante que seja resistente às vacinas aplicadas. A vacina é a nossa única chance de investir em outras áreas. Se não estimularmos a vacinação, não poderemos avançar nas outras vertentes de assistência”, afirmou o médico e secretário.

O presidente do CNS ressaltou os 31 anos de criação do Sistema Único de Saúde (SUS), celebrado no dia 19 de setembro. Segundo ele, mesmo com a pandemia, o SUS vem cumprindo a missão de prover atenção integral à saúde da população.

Continua depois da Publicidade

“Estar aqui para nós essa semana é uma simbologia muito grande do que nós temos defendido: a vida em primeiro lugar. Mesmo com tudo que temos enfrentado o SUS tem aguentado e salvado vidas”, disse Pigatto.

Agenda – Conselheiros nacionais de saúde estiveram também na manhã desta terça-feira na Fundação Alfredo da Matta (Fuam) para acompanhar a assinatura de um termo de compromisso entre a Fuam e o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Mohan) Nacional e Estadual.

Continua depois da Publicidade

A campanha, intitulada “Don’t Forget Hansen’s Disease” (“Não Esqueça da Hanseníase”), visa promover mundialmente a conscientização sobre a hanseníase, além do combate à doença e à discriminação às pessoas acometidas por ela, bem como envidar esforços para a divulgação da causa em meios de comunicação, para divulgá-la amplamente para a população.

À tarde, o presidente do CNS e equipe participam da reunião do Conselho Estadual de Saúde.

Continua depois da Publicidade

*Com informações da assessoria de imprensa