Juiz obriga Braga a se retratar de fake news contra Wilson Lima

O senador veiculou na internet uma matéria antiga como se fosse atual.

Portal Soberano

Na última sexta-feira (10) o juiz Paulo Fernando de Britto Feitoza, da 4ª Vara da Fazenda Pública, ordenou que o senador Eduardo Braga (MDB) apague, até 24 horas, todas as postagens contra o Governo do Amazonas referente ao aumento do preço dos combustíveis no estado, e pare de publicar fake news sobre o tema.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a decisão, Braga e o Facebook terão que no prazo de três dias, uma retratação na rede social e nos mesmos moldes da postagem da fake news, esclarecendo a todos os seus seguidores que as acusações feitas envolvendo o requerente são inverídicas. Caso não ocorra o cumprimento das medidas, os réus responderão solidariamente com a multa diária de R$ 10.000,00, sem limite de dias.

Leia a decisão na íntegra: Decisão

Entenda o caso

Continua depois da Publicidade

No último sábado (4), Eduardo Braga usou as suas redes sociais para disseminar, como se fosse atual, uma matéria de cerca de seis meses atrás que fala de um aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no diesel e simular críticas a administração do governador do Amazonas Wilson Lima (PSC).

No post de hoje, Braga inseriu um print de um portal do Amazonas, o d24am, cuja publicação foi feita no dia 30 de março de 2021, e trata da realização de uma audiência pública para debater o preço do diesel no Estado. A mudança na base de cálculo do imposto ocorreu, na época, em todo o Brasil, atendendo a um entendimento do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Continua depois da Publicidade

A postagem do senador foi desmentida em seguida por Wilson Lima nas redes sociais. “É mentirosa e leviana a afirmação feita pelo senador Eduardo Braga e o jornal ligado a sua família sobre aumento de ICMS do diesel (no Amazonas)”, afirmou Lima.

Wilson Lima apontou ainda a tática de Eduardo Braga em buscar meios nada ortodoxos para alcançar o poder, utilizando-se de um dos principais dramas do País, atualmente, relacionados, principalmente, à política econômica nacional.

Continua depois da Publicidade

Vale lembrar que Eduardo Braga, já se prepara para a disputa das eleições de 2022 em que pretende concorrer ao governo do Amazonas, tendo Wilson Lima como principal adversário e já usa as artimanhas da velha política para atacar seu forte concorrente.

*Com informações do Portal AM POST