Governo do Amazonas fomenta pesca artesanal em Codajás

Somente neste ano, o município já recebeu investimentos da ordem de R$ 1 milhão em crédito para pesca artesanal.

Portal Soberano

Com o objetivo de dinamizar cadeias produtivas e gerar renda para pescadores de Codajás, o Governo do Amazonas, por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e Agência de Fomento do Amazonas (Afeam), aplicou mais de R$ 220 mil em crédito rural na atividade de pesca artesanal. Os recursos foram direcionados para aquisição de equipamentos, apetrechos, canoas de alumínio e custeio da atividade.

Continua depois da Publicidade

A entrega dos materiais foi realizada com apoio da prefeitura de Codajás na terça-feira (31/08), na Casa da Cultura Professor Levy de Assis, beneficiando 17 pescadores de comunidades rurais. Somente neste ano, o município já recebeu investimentos da ordem de R$ 1 milhão em crédito para pesca artesanal.

Nesta ação, foram entregues oito canoas de alumínio, sete motores de popa, oito motores estacionários, 29 apetrechos para pesca (tramalhas e malhadeiras) e um freezer.

De acordo com o diretor-presidente do Idam, Valdenor Cardoso, os investimentos estão chegando ao interior do Amazonas, e a meta e diversificar a produção e descentralizar a economia da capital e levar para o interior em reconhecimento a cidadania e a necessidade do produtor, pescador, extrativista, indígena e ribeirinho.

Continua depois da Publicidade

Para o pescador Abrão Vieira, de 42 anos, da comunidade Tambaqui, esses equipamentos vieram em boa hora.

“A canoa de alumínio vai ser de muito valor, porque vamos conseguir chegar mais rápido na nossa pesca e conduzir o nosso peixe. Antes eu emprestava o motor dos amigos e, hoje, me sinto beneficiado porque terei o meu”, comemorou.

Continua depois da Publicidade

“A equipe da unidade local do Idam de Codajás tem se esforçado para realizar ações visando sempre o crescimento do agricultor familiar. Nesse contexto, e em apoio às famílias de agricultores e pescadores, o Instituto, em parceria com a Afeam, tem levado oportunidades para que o agricultor possa investir em sua atividade, resultando no aumento da produtividade e na qualidade de vida das famílias rurais”, disse a gerente da unidade local do Idam e técnica em pesca, Valderline Tomé.

Cartão do Produtor – Na ocasião, foram entregues cerca de 30 Cartões do Produtor Primário (CPP). O documento é uma importante política pública do Governo do Amazonas, concedendo a isenção de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), descontos na aquisição de insumos, maquinários agrícolas e descontos na conta de energia elétrica.

Continua depois da Publicidade

Potencial – Conhecido como Terra do Açaí, o município de Codajás é o maior produtor do fruto e contabilizou em 2020, uma produção de 19,6 mil toneladas de açaí (nativo e cultivo).

Para fomentar essa importante cadeia produtiva, a Sepror, o Idam em parceria com a Prefeitura de Codajás implantaram em 2020, um viveiro com capacidade de produção de 5 mil mudas e, neste ano, uma Unidade Demonstrativa (UD) de açaí irrigado.

“O Governo do Amazonas, por meio da Sepror e Idam irão apoiar o município de Codajás, através de estratégias para agregar valor à produção como a implantação de agroindústrias de pequeno, médio e grande porte para expansão da lavoura de açaí. Além disso, a parceria com a prefeitura vai permitir novas ações para o município, a exemplo da implantação de um segundo viveiro para produção de 20 mil mudas e a elaboração de um projeto piloto para produção de compostagem, que será distribuída a produtores de açaí”, finalizou Valdenor Cardoso.

*Com informações da assessoria de imprensa