PC investiga contratação da ADS, após apresentação de notícia-crime

O delegado Guilherme Torres Ferreira, da Deccor, solicitou que o TJAM nomeie um Desembargador Supervisor para acompanhar a investigação que tem como alvo o então presidente da ADS, Sérgio Paulo Monteiro.

Portal Soberano

No dia 15 de março de 2021, o deputado estadual Wilker Barreto representou no Ministério Público do Amazonas (MP-AM) contra o governador do Estado, Wilson Lima, e o diretor-presidente em exercício da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Sérgio Paulo Monteiro Litaiff Filho. Ao órgão de controle, o parlamentar fez menção à Ata de Registro de Preços Nº 001/2021 do Pregão Presencial nº 001/2021 CIL/ADS, que pedia a contratação de serviços técnicos, assessoria, gestão de projetos, usando inteligência artificial, na ordem de R$6.190.316.85 milhões, em plena pandemia.

Continua depois da Publicidade

O MP-AM, por meio do procurador de Justiça Nicolau Libório dos Santos Filho, encaminhou o teor à Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). Na última terça-feira, 27, o delegado Guilherme Torres Ferreira, da Especializada em Combate à Corrupção (Deccor), solicitou que o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) nomeie um Desembargador Supervisor para acompanhar a investigação que tem como alvo o então presidente da ADS, Sérgio Paulo Monteiro.

Na descrição da Deccor é apontado que “há indícios de autoria diante de todos os elementos apresentados, razão pela qual se mostra pertinente a investigação dos fatos tendo como suspeito o Excelentíssimo Senhor Secretário da ADS”.

Para o deputado, o Estado não prezou pelas necessidades da população naquela época. “A apuração deve ocorrer, uma vez que desde o início da gestão Wilson Lima e, principalmente na pandemia, ficou clara a falta de prioridade do Executivo para com as necessidades do povo. Ninguém tinha dúvidas que a prioridade maior era salvar vidas naquele momento, só o Governo”, disse Wilker Barreto, recordando as condições precárias de pacientes, médicos e enfermeiros e o colapso na saúde diante da pandemia.

Continua depois da Publicidade

Pregão Presencial nº001/2021 CIL/ADS

O Extrato da Ata de Registro de Preços nº001/2021 CIL/ADS é datado do dia 09 de março de 2021, e aponta a contratação de serviços técnicos especializados e continuados em consultoria, assessoria, desenvolvimento, implantação, manutenção, supervisão e gestão de projetos governamentais usando solução de Business Intelligence e Inteligência Artificial para carga, análise, extração, transformação, mineração de dados em um formato de software como serviço com arquitetura SaaS, acompanhamento evolutivo dos indicadores e políticas de gestão governamentais com suporte periódico para concretização de plano de negócios estratégicos.

Continua depois da Publicidade

A empresa prestadora de serviço registrada como vencedora na Ata é a M.A.P Lins e CIA Ltda.

*Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade