Coronel Menezes é bombardeado nas redes sociais após união com Alfredo Nascimento

O político está sendo chamado de hipócrita, já que o mesmo usava discurso ferrenho para condenar políticos corruptos.

Portal Soberano

O pré-candidato ao Senado, Coronel Alfredo Menezes, está sendo duramente criticado nas redes sociais desde que vem evidenciando fortalecimento de uma aliança com o presidente do PL no Amazonas e ex-deputado federal, Alfredo Nascimento, que já foi acusado de corrupção e fez parte de governo petista.

Continua depois da Publicidade

O militar que sempre usou discurso ferrenho para condenar políticos que tiveram nomes associados a escândalos de corrupção, como o senador Omar Aziz (PSD), agora está sendo chamado de hipócrita.

“Hipocrisia que fala né, você agora amiguinho do Alfredo Nascimento envolvido em vários escândalos de corrupção, é o que então?”, escreveu um seguidor de Menezes.

Vale lembrar que Alfredo Nascimento foi Ministro dos Transportes no governo da petista Dilma Rousseff e durante sua passagem pela pasta foi acusado de desvio de dinheiro público. Além disso ele também foi acusado de ter recebido R$ 200 mil da Odebrecht em recursos não contabilizados para campanha eleitoral de 2006, segundo inquérito autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Continua depois da Publicidade

Em uma das publicações em que é criticado, Menezes nega parceria com Alfredo. “Não tem aliança! Csi na real! Ele é presidente do partido no estado! Rumo a 2022 reeleição do nosso presidente”, justificou.

Os dois participaram juntos da filiação do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao PL na última terça-feira, 30/11, em Brasília. Durante a solenidade Menezes e Nascimento posaram juntos para as fotografias, provando que estão em “paz e amor”.

Continua depois da Publicidade