Oito de março: mulheres correspondem a 61,7% do quadro de servidores da Secretaria de Educação

Número crescerá, ainda, com nomeados do Concurso Público de 2018.

Portal Soberano

As mulheres sempre foram figuras importantes no campo da Educação. Não à toa, as homenageadas desta segunda-feira (08/03), data em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher, compõem 61,7% do quadro de servidores da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, do total de 28.254 profissionais. Além disso, o quantitativo feminino é superior tanto em Manaus quanto no interior do estado, assim como na própria sede da Secretaria de Educação.

Continua depois da Publicidade

Na capital, são 8.072 mulheres atuando em prol da Educação, dentre professoras, pedagogas e cargos comissionados e de apoio específico à Educação.

No interior, a diferença é menor, mas não menos significativa: 8.810 mulheres estão distribuídas entre os 61 municípios do Amazonas, uma média de 144 mulheres por cidade, para 6.149 homens.

Na sede da pasta, novamente há predomínio feminino. Cerca de 714 mulheres, também entre professoras, pedagogas e cargos comissionados e de apoio específico à Educação, atuam junto a 434 homens.

Continua depois da Publicidade

“As mulheres são fundamentais na Educação, sempre foram. No caso do Amazonas, os números falam por si. Historicamente, as faculdades de Educação sempre estiveram entre as primeiras opções do público feminino”, lembra a secretária executiva adjunta da Capital, Arlete Mendonça.

Cargos – Dentre as funções mais desempenhadas por mulheres, em Manaus (sede inclusa), estão: professora (6.014), cargo de apoio específico à Educação (2.231), pedagoga (446) e cargo comissionado (95). No interior, a sequência é a mesma, com 6.153 professoras, 2.339 mulheres em cargos de apoio específico à Educação, 316 pedagogas e duas em cargos de confiança.

Continua depois da Publicidade

Acréscimo – Com as últimas três convocações realizadas pela Secretaria de Educação, referentes ao Concurso Público 2018, a representatividade feminina na rede estadual sofrerá um acréscimo. Dos 1.270 candidatos nomeados, para atuação na capital e no interior, 754 são mulheres.

* Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade