Camelôs são flagrados vendendo vacina falsa contra Covid-19

O produto falso é vendido por R$50 com a possibilidade de aplicação na hora, o que eleva o preço a R$60.

Camelôs do bairro de Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro, estão vendendo e aplicando uma “vacina” contra a Covid-19 (Sars-CoV-2), conforme informações do jornal Diário do Rio.

De acordo com pessoas que passaram pelo local, o produto falso é vendido por R$50 com a possibilidade de aplicação na hora, o que eleva o preço a R$60.

Continua depois da Publicidade

A embalagem da vacina “alternativa” procura imitar a da Coronavac, a vacina chinesa produzida em parceria com o Instituto Butantan, que começará a imunizar a população de São Paulo no dia 25 de janeiro.

A situação atraiu a atenção dos internautas no último domingo (22). Segundo os usuários do Twitter e do Facebook que fizeram a denúncia, a mercadoria apresenta um “certificado de vacinação” e vem dentro de uma caixa semelhante às que são utilizadas em medicamentos.

“Já estão vendendo vacina em Madureira, com direito a certificado (no camelô). O seu medo acaba em Madureira, só depende de você, kkkkkk”, tuitou Giovanni Sandri.

Continua depois da Publicidade

Pode-se imaginar o que vai acontecer no mercado paralelo quando as vacinas verdadeiras finalmente aparecerem, e não forem suficientes para todos.

Continua depois da Publicidade

*Com informações do UOl e IG