Sassá detona Eduardo Braga na convenção do PT: “golpista aqui não tem vez”

O vereador já havia afirmado anteriormente que se recusa a subir no palanque do emedebista no Amazonas.

Portal Soberano

O vereador e candidato a deputado federal Sassá da Construção Civil (PT) usou a tribuna da convenção estadual do PT, neste sábado (30), para dizer que a militância do partido no Amazonas não apoia a pré-candidatura ao Governo do Estado, do senador Eduardo Braga (MDB), que votou a favor do impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff em 2016.

Continua depois da Publicidade

“Eu quero ser candidato a federal e eleito pelo povo do Amazonas para defender a classe trabalhadora. Vou falar e se quiser me expulsar do partido que expulse, eu tenho candidato a vice-presidente da República, tenho a federal, ao Senado e a estadual no Amazonas, mas quero dizer que golpista aqui não tem vez. Quero dizer que democracia quando se faz uma coisa errada, está errada. O nosso partido não precisa ser humilhado por algumas pessoas não. Nosso partido tem militância, força e trabalhadores”, disse.

Sassá afirmou que já havia afirmado anteriormente que se recusa a subir no palanque do emedebista no Amazonas reforçou que o senador não terá seu apoio.

“Eu não vou pedir a benção de ninguém e vou apoiar o presidente Lula. O senador Eduardo Braga está fora do meu apoio”, completou.

Continua depois da Publicidade

Ainda durante o evento Braga foi defendido pelo candidato Thiago Medeiros que rebateu o argumento de Sassá citando o senador Omar Aziz (PSD), pré-candidato a reeleição, que já foi investigado na Operação Maus Caminhos, e também está sendo apoiado pelo ex-presidente Lula neste pleito. “Se for pra falar de golpista, o Omar também foi e nós estamos aqui aceitando”, disparou.