Mesmo com apoio de Bolsonaro, Menezes continua sem chances no Senado

A afirmação foi feita por fontes dos bastidores políticos.

Após divulgar nesta segunda-feira, 7, nota reafirmando que tem sim o apoio do presidente Jair Bolsonaro nas eleições 2022, o ex-superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), continua sem forças políticas em uma possível disputa pelo senado, afirma fontes dos bastidores políticos.

Menezes, já teve o nome envolvido em corrupção durante a gestão do órgão, que foi acusado de favorecer a empresa de um amigo em um contrato de manutenção predial, no valor de R$ 3,6 milhões. Na época da denúncia, a Suframa tinha com uma outra empresa um contrato vigente de manutenção predial com validade de 30 de julho de 2018 a 30 de julho de 2019 e pedido de aditivo para prorrogação de prazo.

Continua depois da Publicidade

O Coronel nunca escondeu a intenção de concorrer ao cargo de Senador no pleito de 2022 e usa como estratégia nas redes sociais para fazer campanha para Bolsonaro e postar materiais com o presidente mas vai precisar bem mais do que o apoio do presidente para conseguir uma cadeira no senado.

Fonte: Capital AM