Bolsonaro libera emenda milionária de Omar Aziz às vésperas do fim da CPI e internautas criticam

Nas redes sociais, o senador recebeu um enxurrada críticas de seguidores dizendo que estão decepcionados com a notícia.

Portal Soberano

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), parece ter se queimado com os poucos eleitores que ainda tinha, após repercutir na última semana que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) liberou uma superemenda de R$ 220 milhões às vésperas da votação do relatório final da comissão parlamentar de inquérito que incluiu Bolsonaro em nove tipos penais.

Continua depois da Publicidade

Nas redes sociais, o senador recebeu um enxurrada críticas de seguidores dizendo que estão decepcionados com a notícia e que a CPI comandada por ele deve acabar em pizza, como previsto.

“Senador, eu li num perfil do Instagram, por sinal com muitos seguidores, que o Sr teria recebido do pres$dente, digamos, um presente em $$$$, às vésperas do encerramento da CPI. Isto tem fundamento??? Fiquei bem triste e ainda mais decepcionada com o parlam#nto brasileiro”, escreveu um seguidor.

“Homi, eu estava quase apaixonada porvocê, mas depois desse 220 milhôes, me decepcionei”, afirmou outra.

Continua depois da Publicidade

“Eu gostaria que fosse trocado o assunto dos 220 milhões solicitados pelo Senador Omar Aziz que estavam empenhados e foram liberados por Bolsonaro na véspera da leitura do relatório da CPI COVID19”, disse outra internauta.