Rodrigo dispara conta prefeito: “Prefeitura não é propriedade do mandatário do momento”

O parlamentar foi um dos únicos da CMM a reagir a denúncia envolvendo o “sorteio” de imóveis populares entregues nesta semana e que beneficiou pessoas próximas ao prefeito.

Portal Soberano

O vereador Rodrigo Guedes (PSC) afirmou que vai apresentar um requerimento, nesta segunda-feira (23), pedindo a exoneração dos gestores envolvidos no escândalo dos apartamentos da Prefeitura de Manaus. Para o parlamentar, houve facilitação por parte deles para que a fraude na lista de “contemplados” acontecesse.

Continua depois da Publicidade

“Requeiro ao prefeito de Manaus, David Almeida, que exonere os gestores do escândalo dos apartamentos da Prefeitura. Exonerar só os beneficiados, é fácil. E quem permitiu que isso acontecesse? Ou está protegendo ou admitindo incompetência de que qualquer um pode fraudar o sistema!”, questionou Guedes nas redes sociais, neste domingo (22).

O parlamentar foi um dos únicos da Câmara Municipal de Manaus (CMM) a reagir a denúncia envolvendo o “sorteio” de imóveis populares entregues nesta semana e que beneficiou pessoas próximas ao prefeito, empregadas em secretarias da gestão, além de empresários com patrimônio de pelo menos R$ 100 mil.

Com a repercussão negativa, David Almeida tentou amenizar o caso e determinou a reavaliação dos “contemplados” no sorteio de moradias no residencial Cidadão Manauara 2 e decidiu exonerar os servidores comissionados contemplados fora da faixa de renda.

Continua depois da Publicidade

“Insinuar que a culpa foi só dos beneficiados, que “por acaso” alguns eram seus parentes por afinidade, é brincar com a inteligência da população! Ninguém é ingênuo. Muita coincidência, não?! Milhares de pessoas sonhando c/a casa própria e denúncias assim destroem a sua esperança”, disparou o vereador na postagem.

*Com informações do AM1

Continua depois da Publicidade