Em Manaus, profissionais da educação estadual retomaram atividades nesta segunda-feira (31/05)

Iniciativa se dá após o Governo do Amazonas manter o ensino híbrido e autorizar o retorno semipresencial em toda a rede estadual de ensino.

Foto: Divulgação

 

Portal Soberano

Continua depois da Publicidade

As atividades presenciais nas escolas estaduais de Manaus iniciaram, nesta segunda-feira (31/05), com preparação pedagógica do corpo docente e dos demais profissionais da educação. O retorno escalonado dos estudantes acontece a partir desta terça-feira (1º/06), de forma híbrida, com grupos divididos em A e B, a fim de evitar aglomerações e seguir os protocolos recomendados pelas autoridades de saúde.

A preparação, realizada inicialmente em 150 intuições de ensino, aborda temas como: Acolhimento, Protocolos de Saúde, Reorganização do Calendário Escolar, Repriorização Curricular. Outras 74 escolas retomam às atividades somente na quarta-feira (02/06), pois estão sendo utilizadas para as provas da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Nas escolas, o dia foi dedicado ao planejamento necessário do retorno dos alunos e a boa convivência com seus pares e orientar sobre o modelo híbrido.

Continua depois da Publicidade

A representante da Coordenadoria Distrital 4, Vera Lúcia, explica que nas escolas da zona oeste, o primeiro dia de atividades, direcionou os professores a uma rotina de reconhecimento da estrutura e dos protocolos de saúde.

“Desde a sexta-feira, estamos engajados nos procedimentos de limpeza e de higienização das escolas. Reunimos os professores presencialmente, para repensar alguns pontos importantes como a adaptação do calendário acadêmico e outros”, disse.

Continua depois da Publicidade

Na Escola Estadual (EE) Benício Leão, localizada na zona sul, professores e equipe pedagógica tiveram sua primeira reunião presencial nesta segunda-feira (31/05). De acordo com Raimunda Neves, pedagoga da unidade de ensino, a escola já adotou as medidas necessárias para a retomada das atividades de maneira segura.

“Realizamos, neste primeiro dia de retorno, um encontro com toda a nossa equipe, com intuito de mostrar a eles a escola organizada com cartazes, dispensers de álcool em gel espalhados por todo o prédio. Além disso, estamos orientando para o distanciamento entre os alunos em salas de aula, refeitórios e corredores, além do uso obrigatório de máscaras em todas as dependências da unidade de ensino”, explicou.

Continua depois da Publicidade

A professora Luciele Oliveira, que leciona para alunos do 1º ao 5º ano, afirma que o retorno é bastante aguardado por alunos e comunidade escolar.

“Estamos ansiosos para receber estes alunos, pois entendemos que, mesmo com as aulas remotas, alguns estudantes com baixa conectividade, enfrentam dificuldades e nossa intenção é acolher todos os estudantes presencialmente e continuar frisando os protocolos de saúde, como a higienização correta das mãos, o uso de máscara e o distanciamento social”, finaliza.

Ensino híbrido – As aulas serão retomadas na modalidade híbrida. As turmas foram divididas em dois grupos (A e B), que frequentarão a escola em dias alternados. Quando um grupo estiver na unidade, o outro deverá estar em casa, acompanhando as transmissões do “Aula em Casa” ou dando continuidade às atividades remotas designadas pelas escolas.

Os grupos serão definidos pela própria equipe escolar da unidade, que deverá informar os pais e/ou responsáveis.

Às sextas-feiras, não haverá aula nas escolas, sendo esse dia reservado para o Horário de Trabalho Pedagógico (HTP) dos professores. A decisão, no entanto, não implica que os estudantes não terão atividades pedagógicas para realizar em casa.

 

*Com informações da assessoria de imprensa.