14ª Mostra de Teatro do Amazonas realiza roda de conversa “A importância das federações”

O evento gratuito será realizado online no canal da FETAM Amazonas no YouTube.

Foto: Divulgação

 

Portal Soberano

Continua depois da Publicidade

A Federação de Teatro do Amazonas (FETAM) realiza a terceira Roda de Conversa da programação da 14ª Mostra de Teatro do Amazonas. Com o tema “A importância das Federações” a roda acontece neste sábado (24), às 13h, no canal do YouTube da FETAM. O objetivo é promover um diálogo e difundir ideias e experiências. A mediação é de Francis Madson, atual presidente da Federação de Teatro do Amazonas; Fabiene Priscila, ex-presidente da FETAM; Lenine,  Federação de Teatro do Acre; Kaká Nogueira, Federação de Tocantins e Marcio Silvino, representante do Fórum das Artes Cênicas de Roraima.

A 14ª Mostra de Teatro do Amazonas acontece de 01 de abril a 01 de maio de 2021. Realização da Federação de Teatro do Amazonas (FETAM). Apoio cultural do Governo do Amazonas, pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa por meio do Edital Cultura Criativa, Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana.   A programação completa pode ser conferida no site fetam.com.br e no Instagram @fetam.teatro.

Conheça brevemente os participantes convidados:

Continua depois da Publicidade

Francis Madson é Mestre em Ciências pela UEA. Bacharel em Dança pela Universidade do Estado do Amazonas e Licenciatura em Teatro. Atualmente é Presidente da Federação de Teatro do Amazonas (FETAM).

Fabiene Priscila atua como atriz, diretora, arte educadora e é criadora de conteúdo digital. Bacharela em Teatro pela Universidade do Estado do Amazonas, especialista em Direção teatral pela Escola Superior de Artes Célia Helena.

Continua depois da Publicidade

Lenine é historiador formado na Universidade Federal do Acre (UFAC), ator e diretor de teatro. Atualmente é Presidente da Federação de Teatro do Acre, idealizador do Festival Matias de Teatro de Rua e do Festival Nacional de Teatro do Acre.

Kaká Nogueira é ator, diretor e produtor cultural, com mais de 20 anos de atuação. Com vasta experiência em Gestão Cultural e participação em Conselhos de Culturais. Atualmente é o Presidente da Federação Tocantinense de Artes Cênicas.

Continua depois da Publicidade

Márcio Sergino nasceu em São Paulo, se formou em Técnico de Direção e Atuação pela Escola de Arte Dramática – São Paulo/SP, fundou a Cia Arteatro em 1993. Atualmente faz parte da equipe de gestão do espaço multicultural Usina, Café e Cultura.

 

*Com informações da assessoria de imprensa.