Com programação on-line e gratuita, Festival de circo Lona Aberta estreia dia 20 de abril

A programação será exibida no canal do Youtube da Cacompanhia de Artes Cênicas.

Foto: Divulgação

 

Portal Soberano

Continua depois da Publicidade

Com migração para o mundo virtual, o Lona Aberta, festival de circo que reunirá artistas circenses de diversas regiões do País, tem data marcada para os dias 20 a 25 de abril, e contará com oficinas, videoaulas, talk show, fórum e espetáculos. A programação será exibida no canal do Youtube da Cacompanhia de Artes Cênicas (https://bit.ly/3a52dVE).

O projeto foi contemplado no edital Prêmio Feliciano Lana, que faz parte das ações emergenciais da Lei nº 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, operacionalizada no Estado através do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Em sua primeira edição, Lona Aberta terá cinco noites temáticas, com um grupo convidado de cada eixo.  Para as ações formativas serão divulgados vídeos de 15 minutos com tutoriais de malabares, parada de mão, mágica para iniciantes, confecção de aparelhos circenses com material reciclado e maquiagem circense, que serão postados diariamente no IGTV e  Canal no youtube da Cacompanhia.

Continua depois da Publicidade

De acordo com o idealizador do projeto, Jean Palladino, Lona Aberta visa colocar o Amazonas no Circuito de festivais circenses do Brasil, diminuir distâncias e abraçar a diversidade do circo contemporâneo junto ao tradicional.

“Priorizamos uma programação diversa, desde números tradicionais a propostas de circo contemporâneo, bem como de diversas regiões do país, promovendo assim uma pluralidade de estéticas e propostas”, explica.

Continua depois da Publicidade

O Festival contará ainda  com o “Caconversa -Talk Show” que vai acontecer logo após as noites temáticas com apresentação do palhaço Caco e convidados, sendo um ponto de encontro entre artistas e público em geral, para celebrar e promover um intercâmbio.

Como atividade paralela,  Lona Aberta realizará o projeto “Toc Toc – Visita” comandado pelos palhaços Felizbreca e Amador que vão realizar visitas virtuais por video-chamadas durante todo o festival.

Continua depois da Publicidade

“As pessoas vão receber um número circense ao vivo por videochamadas no WhatsApp. Para iniciar a corrente, faremos uma campanha para selecionar as três primeiras pessoas a receberem o Toc Toc e iniciar a corrente que deve durar até o dia 25, quando encerra o festival. Todas as noites terão como Mestre de Tela, em alusão ao Mestre de Pista do Circo tradicional que apresenta o show, e o palhaço Charles Chocolate (Clayson Charles)”, conclui Palladino.

Confira a programação completa:

Dia 20/04

19h – Abertura: Espetáculo ‘Tomate puro Tomate’

20h – Apresentação da modalidade ‘Noite Variedades’

22h – Caconversas Talk show

Dia 21/04

9h- Oficina de Palhaçaria com ‘Tomate’

18h- Videoaula : Malabares com Teffy Rojas

19h- Apresentação ‘Sui Generis’ – Companhia Fundo Mundo

20h- Apresentações da  modalidade ‘Noite LGBTQIA+’

22h- Caconversas Talk show

Dia 22/04

9h – Oficina Circense para artistas LGBTQIA+

18h- Videoaula : Confecção de material circense

19h – Exibição do documentário ‘Minha avó era palhaço’

20h- Apresentações da  modalidade ‘Mostra Xamego de Comicidade Preta

22 – Caconversas Talk show

Dia 23/04

9h – Oficina de Comicidade Preta – Vanessa Rosa

18h- Videoaula : Parada de Mão, com José Arenas

19h- Espetáculo ‘Estupendo Circo di Soladies’

20h- Apresentações da  modalidade ‘Noite das Mulheres’

22h- Caconversas Talk show

Dia 24/04

9h – Oficina de palhaçaria feminina

18h- Videoaula : Mágica para iniciantes, com Rafael Hounssel

19h- Espetáculo ‘Nós no Bambu’

20h- Apresentações da  modalidade ‘Noite de sobrevoos e quedas’

22h- Caconversas Talk show

Dia 25/04

9h – Lab Bambu – Jogo das formas e dramaturgia

16h- Fórum Virtual ‘Meu Norte é o Circo’

19h- Videoaula: Maquiagem Circense

19h- Mostra Virtual

22h- Caconversas Talk show

 

*Com informações da assessoria de imprensa.