Secretaria de Cultura e Economia Criativa realiza vivência artística para população em situação de rua

A atividade voltada para Artes Visuais e Música aconteceu nesta quinta-feira (08/04), no Abrigo Emergencial Provisório.

Foto: Divulgação

 

Portal Soberano

Continua depois da Publicidade

Na tarde desta quinta-feira (08/04), o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, realizou uma vivência artística com atividades de Artes Visuais e Música para população em situação de rua. A atividade aconteceu no Abrigo Emergencial Provisório, localizado na concentração do Centro de Convenções – Sambódromo.

Segundo o secretário Marcos Apolo Muniz, a ação é uma parceria com a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), e conta com a equipe de instrutores do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro para atuar com diferentes segmentos. Ele explica que a proposta é promover experiências criativas, reflexivas, de interação social, bem-estar e acolhimento.

“A proposta não é ensinar técnicas de desenho e, sim, utilizar a arte como um meio para que os participantes tenham um momento agradável, nesse contexto em que estamos, e possam se expressar a partir dos desenhos”, afirma o titular da pasta. “Os instrutores atuam como mediadores, propondo temas, abrindo diálogos e conduzindo a ação a partir da prática do desenho e da música”.

Continua depois da Publicidade

A ação atendeu aos protocolos de segurança para prevenir a transmissão da Covid-19, como distanciamento social, totens de álcool em gel em pontos estratégicos e limpeza e higienização do local, além do uso de máscara obrigatório.

Abrigo Emergencial Provisório – A área de concentração do Centro de Convenções – Sambódromo funciona como abrigo emergencial, administrado pelo Governo do Amazonas por meio da Sejusc, desde fevereiro deste ano. No local estão aproximadamente 100 pessoas, que são beneficiadas com ações de parcerias com órgãos do Estado.

Continua depois da Publicidade

Todas as pessoas em situação de rua passam por testes rápidos para Covid-19 e HIV (vírus causador da Aids). Os testes são realizados por equipes do projeto Consultório na Rua, da Prefeitura de Manaus. Os que testarem positivo para o novo coronavírus e HIV são encaminhados à rede de saúde.

As pessoas abrigadas recebem, diariamente, seis refeições, atendimento psicossocial, acesso à documentação civil e kits de higiene pessoal.

Continua depois da Publicidade

 

*Com informações da assessoria de imprensa.