MPAM apura suposto caso de nepotismo no município de Tapauá

Objetivo é apurar suposta prática de nepotismo na nomeação de parentes do Prefeito de Tapauá.

Portal Soberano

O Ministério Público do Amazonas, instaurou um Procedimento Preparatório, cujo objeto é apurar suposta prática de nepotismo na nomeação de parentes do Prefeito de Tapauá, Gamaliel Andrade de Almeida, para exercerem cargos comissionados no âmbito do Poder Executivo Municipal.

Continua depois da Publicidade

O Procedimento iniciou após a reportagem intitulada “Prefeito de Tapauá nomeia irmãos a cargos públicos no município” veiculada no dia 16 de março de 2021 no sítio eletrônico “Laranjeira News” ter sido publicado (https://www.laranjeirasfm.com.br/noticia/13422/prefeitode-tapaua-nomeia-irmaos-a-cargos-publicos-no-municipio); A reportagem informa que os senhores Bezaleel Andrade de Almeida, Paulo Adnael Andrade de Almeida e Arlinda Marta Andrade de Almeida, irmãos do Prefeito, foram nomeados respectivamente para os cargos de representante do município em Manaus, sexretário municipal de governo e secretária municipal de educação.

O Promotor de Justiça Bruno Batista, requisita ao Prefeito Municipal, no prazo de 10 dias, que informe se há parentes seus, consanguíneos por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, ocupando qualquer cargo de livre nomeação, dentro da Administração Pública, e, em caso positivo, forneça o nome de todos os agentes públicos e seu grau de parentesco, bem como respectivos cargos, vencimentos e atos de nomeação.