Cigás garante distribuição de gás natural para capital e interior

Por norma legal, a distribuição de gás natural é considerada serviço público essencial.

Redação AM POST

Mesmo diante da atual situação decorrente da pandemia da Covid-19 no estado, a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) mantém a distribuição de gás natural sem interrupções. A medida segue determinação do Governo do Estado, conforme os Decretos nº 43.234 e nº 43.235, ambos de 23 de dezembro de 2020, que preveem ações para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus. Por norma legal, a distribuição de gás natural é considerada serviço público essencial.

Continua depois da Publicidade

A manutenção do serviço de distribuição de gás natural garante o desenvolvimento de refinados processos e o funcionamento de linhas de produção de mais de 50 empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM). Também beneficia cinco postos de combustíveis, um número superior a 4 mil residências e em torno de 140 estabelecimentos comerciais, entre os quais restaurantes e outros empreendimentos do ramo alimentício, que estão atuando com entrega do tipo delivery.

O serviço prestado pela Companhia assegura ainda a geração de energia elétrica para a capital e cinco municípios do interior: Coari, Anamã, Codajás, Caapiranga e Anori. No caso de Coari, por exemplo, a matriz de geração de energia elétrica do município é 100% baseada no gás natural.

Monitoramento de rede – A Cigás garante a segurança e a confiabilidade de sua rede de distribuição com o pleno funcionamento do Centro de Controle Operacional (CCO), que atua no monitoramento da rede de distribuição de gás natural 24 horas por dia.

Continua depois da Publicidade

Constituído por fibra ótica e com atualização de dados em tempo real, o sistema monitora as condições de fornecimento, como vazão, pressão e temperatura do gás natural. Para emergências, a Companhia disponibiliza à população o número de telefone 117, que funciona todos os dias da semana.

Cuidado com a vida – Como forma de preservar a integridade física de seus colaboradores, o corpo de funcionários da Companhia passou a atuar em dois turnos. A decisão foi baseada no Decreto Estadual nº 43.271/2021, que trata sobre o funcionamento dos órgãos e entidades da administração direta e indireta do poder executivo na esfera estadual.

Continua depois da Publicidade

Além disso, a Cigás vem adotando uma série de medidas internas de prevenção ao novo coronavírus, entre as quais a elaboração da cartilha “Enfrentamento à Pandemia de Covid-19”. O documento define responsabilidades, protocolos de resposta e procedimentos adotados com base em riscos associados aos locais de trabalho, requisitos legais aplicáveis e demais recomendações das autoridades de saúde e sanitárias com o intuito de evitar contágios.

Segundo o diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar, desde o início da pandemia, a Companhia continuou desenvolvendo as suas atividades, adotando todas as medidas estabelecidas pelo Governo do Estado e seguindo as orientações dos órgãos de saúde a fim de que o serviço possa ser prestado sem interrupções e com alta qualidade, porém com a preocupação de resguardar a vida e a saúde dos seus públicos de interesse.

Continua depois da Publicidade

Sobre a Cigás – Concessionária de serviços públicos, no Amazonas, que atua na distribuição e comercialização de gás natural para os mais diversos segmentos, a Companhia de Gás do Amazonas completou 10 anos de operação no estado, em dezembro do ano passado. Atualmente, a concessionária possui 4,3 mil unidades contratadas em diferentes segmentos: termelétrico, industrial, comercial, residencial e de Gás Natural Veicular (GNV).

* Com informações da assessoria de imprensa